2 Ainda Não Sei




 Tentei encontrar palavras bonitas e até mesmo rebuscadas para demonstrar-lhe o que sinto, mas de nada adiantou, nada chegou perto de representar tamanho sentimento. Não sabia por onde começar e aliás... ainda não sei. Talvez eu comece com um “eu preciso te dizer algo que venho guardando à algum tempo, estava esperando o momento certo e acho que esse momento chegou...” - não não muito clichê – ou ,” preciso te dizer logo eu não aguento mais..” – não não , muito desesperada – Será que há uma maneira certa de se começar, se nem eu sei como nasceu este sentimento, não sei onde tudo começou; sei do que está acontecendo agora, neste momento e é intenso, é verdadeiro. Se do inicio não sei, que tal começar pelo fim, talvez o fim de uma etapa e o inicio de uma nova história; não sei como cheguei a tal ponto, mas sei que estou aqui, então vou começar novamente, não pelo rebuscado, não pelo melodioso, nem pelo poético, mas pelo básico, pelo simples. Uffa –
  “Eu te amo”.

Daphne Oyarce







2 comentários :

Jéssica Maria disse...

Gostei de muito de ler. É muito bom quando você não tem um dia tão bom assim e lê algo bonito e que toca fundo. Obrigada.

http://www.ontemescrevi.com.br

Daphne Lorane disse...

*---* muito melhor ainda saber que a intenção e o objetivo foram alcançados.

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

 

Copyright © 2012 Petit Poá! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger