4 Horror em Amityville






Oi gente,
como já tinha um bom tempo que eu não vinha aqui falar de algum livro resolvi falar de um livro diferente dos outros que eu estou acostumada a escrever aqui.
O livro que eu escolhi é o '' Horror em Amityville'' a partir do nome já é possível prever que que este é um livro de terror.
Este livro, como muitos dos outros que eu ja escrevi aqui no blog  também deu origem a um filme, que de fato é muito bom também, mesmo eu não sendo muito fã desses histórias de terror recomendo que leiam o livro, ou que pelo menos assistam ao filme, pois o que torna a história ainda mais interessante é que ela é verídica. (fala serio, quando a história é baseada em fatos reais é muito mais interessante, não é?)
Nele conhecemos a historia da família Lutz, que resolvem comprar uma casa situada na Ocean Avenue, 112 em Nova York, nessa mesma casa antes deles mudarem para lá aconteceu um grande massacre, onde  Ronald DeFeo matou com um rifle os pais, os dois irmãos e as duas irmãs segundo ele, ele foi uma vitima de possessão, pouco depois dos Lutz se mudarem para a casa coisas sobrenaturais começam a acontecer, quase os levando a morte, chegaram ao ponto de ate chamarem um exorcista para tentar exorcizar a casa, mas não tiveram um bom resultado, a situação deles tendem a piorar tanto que a família permaneceu naquela casa apenas 28 dias.
Quem ainda não leu este livro não deveria perder a chance, confesso que só de o ler em alguns momentos cheguei ate a ter medo, o desfecho desta história você so vai saber se ler o livro, ta esperando o que? kkkk

Prólogo


'' Na noite de 5 de fevereiro de 1976, o noticiário das dez horas do canal 5 de Nova York deu início a uma série de programas sobre indivíduos que se diziam possuidores de poderes extra-sensoriais. Na tela surgiu a imagem do repórter Steve Bauman, que investigava uma casa aparentemente mal-assombrada em Amityville, Long Island.
Bauman disse que, a 13 de novembro de 1974, uma grande casa colonial, situada na Ocean Avenue, 112, fora cenário de um assassinato em massa. Ronald DeFeo, de vinte e quatro anos matara metodicamente com um rifle de alta potência os pais, os irmãos e duas irmãs. Fora condenado a prisão perpétua.
''Há dois meses atras'', prosseguiu o repórter, '' a casa foi vendida por oitenta mil dólares ao casal George e Katheen Lutz.'' Os lutz sabiam dos assassinatos, mas não sendo supersticiosos, tinham considerado a casa a habitação ideal para si e os três filhos.
A família mudou-se a 23 de dezembro. Logo depois, disse Bauman, perceberam que o local era habitado por algumas forças psíquicas e começaram a recear por suas vidas. Segundo eles, sentiram a presença de alguma forma de energia, de alguma força maligna sobrenatural que a cada dia se tornava mais poderosa.
Quatro semanas depois de terem se mudado para a nova casa, a família Lutz abandonou-a, levando apenas algumas mudas de roupa. Estavam há algum tempo hospedados em casas de amigos, em local não revelado. Mas antes de tomarem essa decisão, declarou ao Canal 5, sua odisséia já era conhecida na vizinhança. A família recorrera à polícia, a um sacerdote da região e a um grupo de pesquisas psíquicas. ''Eles falaram de vozes estranhas, que pareciam vir de dentro deles mesmos, e de uma força que chegou a levantar Mrs. Lutz do chão e carregá-la para um armário que ocultava um cubículo secreto que não constava das plantas da casa.''
Essas declarações chegaram aos ouvidos do repórter Steve Bauman. Ao efetuar algumas investigações sobre o passado da construção, ele descobriu que a tragédia atingira quase todas as famílias que tinham morado no local, assim como em outra casa que existira anteriormente no mesmo terreno.
O locutor do Canal 5 prosseguiu dizendo que William Weber, o advogado de Ronald DeFeo, iniciara investigações com esperança de provar que a casa da Ocean Avenue, 112 abrigava uma força estranha capaz de influenciar o comportamento de quem quer que a habitasse. Aventando que essa força '' podia ser de origem natural'', Weber achava que talvez tivesse encontrado evidências capazes de levar o seu cliente a um novo julgamento. Diante das câmaras, Weber declarou saber que certas construções podiam criar uma espécie de corrente elétrica em determinados aposentos, em consequência  da própria estrutura física do prédio. Cientistas estariam examinando essa possibilidade. Se todas as explicações lógicas ou científicas fossem afastadas, o assunto seria entregue a um grupo da Duke University para pesquisa dos aspectos psíquicos do caso.
O repórter concluiu declarando que a Igreja Católica também estava envolvida no caso. Dois emissários do Vaticano teriam ido a Amityville em dezembro e ordenado aos Lutz que abandonassem imediatamente a casa. '' Agora o Conselho dos Milagres da Igreja está estudando o caso, tendo informado que a casa 112 da Ocean Avenue está possuída por espíritos que escapam ao presente conhecimento humano'', finalizou o repórter.
George Lutz afirmou aos repórteres que nunca mais passaria outra noite na casa da Ocean Avenue, mas que não pretendia vendê-la no momento. Estavam esperando os resultados de alguns testes científicos que deveriam ser feitos por especialistas em parapsicologia e outros pesquisadores profissionais '' sensitivos'' de fenômenos ocultos.
Depois disso, os Lutz cortaram qualquer comunicação com a imprensa, achando que suas declarações estavam sendo ampliadas e exageradas. Só agora toda a história vem a público. ''

Pra quem gosta de histórias assim vai ai o trailer do filme que foi baseado neste livro.





4 comentários :

Ana Carolina disse...

pelo oq vc escreveu deu muita vontade de ler *---*

Renata Vieira disse...

ta esperando o que pra ler em?? *--*

Ana Carolina disse...

vou ir na livraria amanha compra *-*

Renata Vieira disse...

compra sim, tenho certeza que vai gostar *--*

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

 

Copyright © 2012 Petit Poá! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger